segunda-feira, 27 de agosto de 2007

Um conto antigo...

Uma fuga.

Não há sinal de chuva e o céu agora pintado de rosa e prupura vai ficar azul. As nuvens negras desapareceram.
A estrada ainda está húmida, mas esse é mesmo o único sinal do temporal de ontem.
Engraçado como já há passarinhos, tão cedinho. Já cantam todos satisfeitos, empoleirados nas arvores.
Os olhos vêm o negro do alcatrão, tantos quilómetros feitos e tantos para fazer...
Mas com a musica bem alto e tanta estrada pela frente o carro quase anda sozinho.
É tão bom poder fugir, não ter de dizer o que faço e o que não faço, apenas ir embora.
FUI!!
O sol bate-me nos olhos e já só tenho um cigarro no maço. As coisas são agora mais relativas, menos importantes. É tudo muito vago, leve.
Acho que a droga que fumei me deu a volta a cabeça, não tenho ideia nenhuma, está tudo em branco. Não sei o que estou a fazer nem para onde vou, é assim. A verdade é que não gostei do que escrevi por isso arranquei a pagina e deitei fora. Agora é começar de novo.
Não inventei desculpas, nem planos, nem elaborados álibis, simplesmente deixei tudo como estava e fugi. Nem quero saber o que se irá passar, o que vão pensar de mim, ou se alguma vez terão consciência do que se passou. O crime passional típico. Enlouqueci, temporariamente, ou não, fica a critério de quem queira julgar. Por mim sei que fiz o que tinha que fazer.
Vou para onde calhar e se for apanhada, conto tudo, aos berros, para que todos possam saber a verdade. Foi ele que se matou, eu só empunhei a faca, dei o golpe de misericórdia, de qualquer forma já estava condenado a morrer da pior maneira.
Se sou culpada de alguma coisa é de não o ter feito mais cedo, mas agora esta resolvido.
Não há transito a esta hora e por isso posso fingir que não existe mais ninguém, só eu e a minha cabeça em branco, mas pelo menos leve. (continua...)

30 comentários:

Allanah disse...

bom.... um bocado sinistro... tenho de perguntar... matas-te alguem ultimamente jô??

Joaninha disse...

Querias tu saber.....
Quem sabe um dia público mais um bocadinho, até lá ficas á sede!

PS: Este é muito antigo tem uns 7 ou 8 anos, mas nunca o consigo acabar, é muito irritante
BJS

Krippmeister disse...

Se calhar nem é para acabar nunca, é só para ir escrevendo e partilhando com a malta. Está muito bom, queremos saber mais!

Já agora, se matares alguém põe fotos no blog.

Allanah disse...

Ahahah, sim FOTOGRAFIAS (e nao "fotos") da joaninha com um ar sadico a torturar alguem.... com certeza tinhas muita gente a ver o blog! Sempre chamavas a atençao!

Abobrinha disse...

Joaninha e Allanah

Bem, as joaninhas são carnívoras, por isso não digo nada!

Mas a luta na lama ia ser mais giro! Ora escreve sobre uma luta na lama! Ficas com créditos para o Herr Krippmeister te fazer o blogue fazer o pino e celebrar os golos como o Nani!! No mínimo!

Essa das histórias é uma ideia! Vou acabar uma que comeceu há um tempinho e não cheguei a acabar. É uma rapidinha (uma das minhas!). Mas tenho que me inspirar.

Anónimo disse...

Com este começo dramático só pode vir a ser um conto à Hitchcok (?) ou uma história para rir. Vamos ver.

Krippmeister disse...

Porque não fotos? Que preciosismo. A Allanah leva a fotografia muito a sério...

Allanah disse...

Porque fotos é mesmo a bimbo!! SAO FOTOGRAFIAS!! E nao fotos! Toto! Por este andar vais mesmo ser toto ate aos 90 sem stress!!! ;)

Abobrinha disse...

Allanah

Se chamas bimbo ao Herr Krippmeister, tens que te ver comigo! Estou aqui, estou a desafiar-te para uma luta na lama para defender a honra e bom nome do Herr Krippmeister!

E olha que eu domino a lama (não sei porquê, mas achei que ficava bem!). Podes ser vampirosa e de perna jeitosa, mas apanhas na mesma!

Abobrinha disse...

Nós os totós temos que nos unir!

Krippmeister disse...

Sim, um gajo que diz "fotos" está condenado a ser tótó para sempre, ou bimbo... ou ambos.

É isso Abobrinha, mostra-lhe como é!

Krippmeister disse...

LUTA NA LAMA!!!! Posso ser eu a escolher os bikinis?

Joaninha disse...

Então meninas??!!

Vai haver luta ou não? se assim for poupam-me o trabalho de pesquizar sobre luta na lama!!

Allanah disse...

Toda e qq pessoa que diga FOTOS, é bimba! Independentemente de quem seja, até a minha querida Joana diz fotos... ai ai ai, o mundo esta perdido.. Abobora, se por um acaso ja passaste pelo meu blog percebeste que levo a fotografia muito a serio! E dai o meu preciosismo, como diz o Krippahl... Lutas na lama?? Hmmm, acho que perdes, sou mais franzina mas tb sou com certeza mais agil! E de qq maneira, não gosto de violencia!! Eu faço tereres e rastas e ouço reggae... eu sou da pazzzzz!

Abobrinha disse...

Oooops... bikini??? Eu estava a pensar em fatos de neoprene: sou muito friorenta!

Abobrinha disse...

Allanah

Não digas nada a ninguém, mas eu sou muito pacífica também. Também ouço música relaxante (Marilyn Manson é relaxante, não é?).

Mas não chames bimbo ao pequenito, tadinho! É tão querido!

Abobrinha disse...

Tenho que ir ver o teu blogue!

Joaninha disse...

OLha lá o piquena, bimba é a.....
Vê lá se te puxo as orelhas!!!

Abobrinha,

Cuidado que ela é magra mas atletica, daquelas que jogou muito vollei e fotebol quando era jove!

Abobrinha disse...

POde ser atlética, mas eu sou uma mulher do campo. Mas acho que ficou combinado uma sessão pacífica de Marilyn Manson e declarações de paz!

Quem tira as fotos??

Joaninha disse...

Ora Abobrinha, o krippahl, desde que estejam as duas de bikini, ele não se importa de é luta ou paz ehehe!!!

Allanah disse...

Eu acho que um remix do beautiful people versao reggae é bem capaz de ser interessante nao?? E eu tb sou uma mulher do campo tendo em conta que vivo numa aldeia no meio de nenhures!!! A unica vantagem que eu tenho é que sou atletica!! no resto estamos empatadas!!

Abobrinha disse...

Allanah

Não ofereço porrada a quem tira fotos tão giras. Ficamos assim, OK? As minhas ficam uns furos abaixo, mas acho que ficou estabelecido que a minha especialidade é paleio e títulos foleiros. E "resumos". Rapidinhas nunca!

Pensei que eras alfacinha, carago! Já semeaste milho? Herr Krippmeister, não afies o dente: é só pó, suor e roupa a que não se tenha muito amor.

Joaninha disse...

Bom, está giro mas não chego a entender o que acharam do conto, propriamente dito.
Não faz mal, um dia deste faço outro post com mais um bocadinho

Allanah disse...

O conto está um maximo Joana, quero ver mais disto!!

Abobrinha disse...

Joaninha

Tens toda a razão: acabei por não comentar o texto. Não está sinistro de todo. Está muito aberto, o que é bom! Podes escrever qualquer coisa a seguir. Estou curiosa.

Salmo 22: continua que vais bem!

Joaninha disse...

Bom finalmente deixaram-se de batatadas.
Um dia destes ponho mais um bocadinho desta história para ver se consigo arrancar porrada aqui no blog outra vez ehehehehe!!

Abobrinha disse...

Joaninha

Além de insaciável és desestabilizadora. O teu anjo não é um heroi: é um super-herói!

A malta não pega à porrada: são pancadinhas de amor.

Quanto à história, podes pegar numa luta de hipopótamos, por exemplo! Ou de gajas com o feitio de hipopótamas.

Joaninha disse...

Abobrinha,

Por acaso esta tipa tem um gene hipopotamico quando toca a feito.
A história esta escrita eu é que passo a vida a mudar o fim porque nunca estou satisfeita com ele.
Mas digamos que a moça não bate bem da cornadura!
O conto é muito grande e tem 3 partes, este bocadinho é o inicio da segunda parte.

Abobrinha disse...

Joaninha

Um conto grande? Para mim isso é um resumo! "Amanda"

miguelav disse...

Está lindissimo, mas tenho um reparo a fazer...

"já só tenho um cigarro no maço. As coisas são agora mais relativas, menos importantes."

HA HA HA... a esta hora já tinhas parado o carro e ido comprar cigarros, estavas aos pulos e aos berros porque só tinhas um cigarro no maço.

jinhos linda, gosto de ti a potes e não te trocava por nada no mundo. ;)