quinta-feira, 19 de abril de 2007

Desabafo

Hoje no jornal O Público vem uma noticia sobre uma proposta de alteração á lei da detenção de animais de raça perigosa.
Uma das novidades seria a seguinte: Passaria a ser necessário "um atestado de aptidão fisica e psíquica para obter a licença de detenção do animal".
A proposta vem do PS e do CDS.
Mas afinal quem passaria estes ditos "atestados"?
Bom ai o PS chuta para o "governo", quem dentro do governo.....Pois.....
O CDS diz apenas que o canditato tem de "dispor de capacidade fisica e aptidão psicológica para garantir o adquado manajo do animal"....Mais uma vez quem é que decide se o futuro dono tem capacidade fisica e psicologica?......Pois.....
A ideia parece-me bastante razoavel, salvo o facto de ainda não sabermos quem decide sobre a dita capacidade.
A única coisa que acho realmente mal e quem vem da lei de 2003 é a lista de raças, para mim qualquer dono de qualquer raça de cão devia ser obrigado a ter uma licença e devia ser obrigado a chipar o cão, assim podiamos ir atrás dos sacanas que abandonam cockers porque fazem barulho, Pittbulls porque já não dão para as lutas e rafeiros porque cresceram demais ou são feios!
Teriamos os canis vazios para os casos realmente mais preocupantes de animais que por doença, por maus tratos ou apenas por educação deficiente atacaram alguem, animais que ficam sem familia, enfim casos importantes.
Provavelmente também teriamos funcionários mais receptivos á dor dos bichos e com maior disponibilidade afectiva para tratar deles e para os ajudar.
Fica o desabafo....

3 comentários:

Krippmeister disse...

Eu voto em chipar-se também os donos.

Allanah disse...

Concordo com o Krippmeister! Clap clap clap! Bora chipar toda a gente! Estive a ver hoje na Sic uma reportagem sobre rotweilers... Tinham 4 rotweilers da GNR, e os bofias diziam que não era um cão perigoso, só era perigoso se o dono não tivesse mão nele! E então faziam lá umas habilidades! Bom... ridiculo... So faltava dizerem que sao tipo lulus! Eu sei que maioria dos caes que sao maus sao por causa da educaçao que tiveram, mas nao podem deitar assim a culpa para cima das pessoas! Se uma pessoa nao tem poder de liderança para por um rot no lugar a coisa acaba por correr mal! Por isso a culpa nao e so dos donos, a propria raça é dada a violencia!

joana disse...

mas Allanah, achas que quem não tem capacidade de liderança para ter um rot pode ter sei láa um rafeiro alentejano, ou um serra da estrela.
É que estes cães não estão na lista de raças perigosas mas são igualmente capazes de matar alguem. Quando o Sr da GNR diz que o cão só é perigoso se o dono não tiver mão nele esta-se a referir a qq raça de cão.
A única diferenca está no porte do cão, ser mordido por um rot é muito mais grave do que ser mordido por um caniche. Mas ser mordido por um serra é tão mau ou pior que ser mordido por um rot.
Tu conheçes a vaquinha o Dougo, já viste cão mais amoroso, pois olha é uma raça considerada perigosa e aquele cão não tem um pingo de maldade, sabes porque porque foi educado e criado como deve ser.
Não é uma questão de raça e uma questão de tamanho e de capacidade dos donos, por isso ou incluis todos os cães grandes na lista ou acabas com a lista e regulas a posse de qq raça de cão.
Parece-me a melhor solução. Quem quer ter um cão tem de ter capacidade para o ter e ponto, seja ele qual for.