quinta-feira, 11 de março de 2010

Solidão by José Maria CC

Não são as horas

o ar outonalisou-se
Um frio estranho
envolve a terra .

Quebradas
de verão
noites quentes
dentro de min
choram matinas .

Não te encontrei
não perduram alma
beijos que te dei

Não são as horas
é o que não ficou delas ...

Mais uma prespectiva sobre solidão...

5 comentários:

antonio - o implume disse...

Confesso que tive dificuldade com:
"o ar outonalisou-se", depois gostei do estilo das preposições deliberadamente truncadas.

Daniel Santos disse...

prefiro a primavera que o inverno da solidão...

Krippmeister disse...

Chega a ser um bocadinho desesperante. Estou curioso para ver o que sai das emoções mais alegres.

Ferreira-Pinto disse...

Nada desinteressante esta série, não senhor.

Rui Figueiredo Vieira disse...

Potente Joaninha...!